Roda de Conversa da Superintendência de Gestão Estratégica discute políticas públicas para as mulheres

Campo Grande (MS) – A Superintendência de Gestão Estratégica (SGE), da Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica, recebeu na manhã desta sexta-feira (20.04) as técnicas Rosana Leal Fernandes, Rebeca Mendes e Caroline Monteiro Cuellar, da Subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, para uma Roda de Conversa. Os encontros são promovidos como parte da execução do planejamento estratégico e trazem temas reforçam os valores da superintendência, definidos como ética, foco na solução, humanização, diálogo e liderança.

“A apresentação esclareceu aspectos ligados às políticas públicas para as mulheres no Estado e trouxe dados importantes levantados em 2017. Também pudemos observar a abrangência da campanha do Mês da Mulher realizada pela subsecretaria em março”, explica Marley Pettengill, da Coordenadoria de Desempenho Institucional (Cdin).

Com ar de informalidade, a roda de conversa contou com a apresentação de Rebeca Mendes, que integra o Núcleo de Enfrentamento à Violência e Autonomia Econômica, e apresentou informações sobre projetos como o “Maria da Penha Vai à Escola”, entre outros, além de aproximar os colaboradores da SGE da realidade ligada à violência contra a mulher.

As Rodas de Conversa foram iniciadas em outubro do ano passado e desde então houve cinco encontros. Segundo Marley, essa foi a primeira que contou com a apresentação de outra secretaria. “Nas anteriores, as apresentações foram comandadas por integrantes da superintendência. Os temas são desdobramentos dos valores determinados no mapa estratégico da SGE”, explica.

Os encontros tem o objetivo de promover a internalização desses valores. “É um meio de colocar em prática esses valores aos quais chegamos conjuntamente. Pensar eticamente, buscar o diálogo, sempre trabalhar pela humanização com foco no resultado e não no problema, assim como perceber que todos aqui têm potencial de liderança”, detalha. As rodas se inserem dentro do eixo de aprendizado e capacitação, que prevê ainda o trabalho por meio de grupos de estudo.

Texto e foto: Thiago Andrade – Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov)