SGE – Superintendência de Gestão Estratégica

Institucional SGE

O Governador do Estado de Mato Grosso do Sul tem como meta durante sua gestão 2015-2018 implementar um governo com princípios e valores que incluam a mobilização e participação das pessoas na condução das políticas de governo para melhoria das suas condições de vida; a integração das ações; relação harmônica e produtiva com os poderes constituídos. Para a efetividade dessas ações há a necessidade da implantação da Gestão para Resultados – GpR que se articula ao redor de três eixos principais:

  •  Aprimorar o desempenho do governo em seu processo de criação de valor e de produção de resultados;
  • Otimizar o sistema de prestação de contas perante a sociedade e a transparência de sua atuação; e
  • Implantar sistemas de condução e gestão responsável que promovam a otimização contínua do desempenho dos servidores públicos como ferramenta-chave.

Buscando criar mecanismos para a Gestão orientada para Resultados foi criada a Rede de Gestão do Estado de MS. Esta Rede tem uma coordenação centralizada na Secretaria de Governo (SEGOV) com execução e suporte descentralizado em todas as secretarias tendo como resultado comprometimento e alinhamento da liderança em torno de uma estratégia única, responsabilidades claras na execução das ações, maior qualidade e agilidade na tomada de decisão, consistência entre decisões de curto e longo prazo, maior clareza e apoio para as Secretarias para a definição de suas prioridades e organização de suas rotinas.

Na consolidação dessas ações foi elaborado o PPA 2016-2019. Visando dar consistência e divulgação à Rede de Gestão, pretende-se apresentar e unificar as ações que estão sendo articuladas pela Superintendência de Planejamento e Gestão na Secretaria de Estado de Governo.

Com esse objetivo, são realizadas reuniões iniciais por eixo, esclarecendo quem são os participantes da Rede e definindo os diferentes papeis dos atores envolvidos: pontos focais, gerentes de iniciativa, gerentes de programa, setorialistas. Além disso, a salienta a importância do grupo, que é quem realmente elabora e executa os projetos e iniciativas.

Além da Rede de Gestão Estratégica, a SGE promove a excelência em gerenciamentos de projetos com o Escritório Geral de Projetos (EGP), promove a elevação da qualidade das operações críticas do Estado com o Escritório Central de Processos (ECP) e subsidia a tomada de decisão do Governo do Estado com indicadores, análises de dados e avaliação de políticas públicas fornecidas pelo Núcleo de Inteligência em Políticas Públicas (NIPP)

Superintendente de Gestão Estratégica
Thaner Castro Nogueira

Thaner Castro Nogueira é graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Católica Dom Bosco, formado MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getulio Vargas e finalizando MBA em Gerenciamento de Projetos também pela FGV.

Servidor público estadual da carreira de Fiscal de Tributos Estaduais desde 2006, compôs a equipe de assessoramento econômico do Secretário de Fazenda (SEFAZ/MS) entre 2007 e 2008. Gerenciou o Profisco/MS no período de 2009 até o início de 2015 e, cumulativamente, a Unidade de Planejamento Estratégico da Secretaria de Estado de Fazenda de 2012 até o início de 2015. Também atuou como professor universitário nas disciplinas de Finanças e Contabilidade Empresarial na Uniderp (Campo Grande/MS) entre 2005 e 2006. Foi presidente da Comissão de Gestão Fiscal (COGEF), entidade vinculada ao CONFAZ, durante o período de 2014 a 2015.

Direcionamentos 
Competências da SGE

A competência atribuída à Superintendência de Gestão Estratégica (SGE) é definida no Decreto 14.691 de 21 de Março de 2017. Dentre suas atribuições, compete à SGE: 

  • Coordenar o planejamento estratégico governamental: mediante orientação normativa e metodológica aos demais órgãos e entidades da Administração Pública Estadual, na concepção e na implementação dos respectivos planos, programas e projetos de desenvolvimento de políticas públicas;
  • Elaborar estudos, pesquisas e análises globais, setoriais, regionais e urbanas: estudos estes requeridos pela programação econômica e social do Governo do Estado, em articulação com os órgãos públicos e privados e, em particular, com as instituições de ensino superior do Estado;
  • Gerenciar planejamentos globais e setoriais: Planejar, programar, organizar, coordenar, controlar e executar as atividades de planejamento global ou setorial, proposição de políticas públicas e a formulação de estratégias governamentais;
  • Reformulação dos programas setoriais: Analisar, avaliar e propor a reformulação dos programas setoriais, visando a adequá-los às metas governamentais;
  • Coordenar elaboração do PPA: coordenar juntamente com a área de orçamento do Estado o processo de elaboração do plano plurianual, referente aos programas temáticos, observadas as orientações e as diretrizes do Governo;
  • Monitorar implementação do PPA: monitorar a implementação do plano plurianual e de projetos especiais de desenvolvimento, bem assim acompanhar e avaliar planos e programas setoriais ou integrados de desenvolvimento, em articulação com órgãos ou entidades afins das três esferas de Governo;
  • Articulação municipal: apoiar e articular-se com órgãos municipais na área de planejamento, para o desenvolvimento de atividades e de ações de interesse do Estado;
  • Elaborar Mensagem à Assembleia: acompanhar a execução de planos, de programas e de projetos especiais sob a coordenação da SEGOV, e elaborar relatórios de ação de Governo para subsidiar a mensagem do Governador à Assembleia Legislativa;
  • Elaborar Banco de Projetos: estruturar, em articulação com as demais áreas do Governo Estadual, banco de projetos de interesse da Administração Pública Estadual;
  • Fornecer análise de dados: desenvolver atividades relacionadas à estatística e a geotecnologias de interesse do Estado;
  • Realizar pesquisas econômico-financeiras: realizar pesquisa de informações econômico-financeiras, sua consolidação e sua divulgação sistemática entre os órgãos da Administração Pública Estadual;
  • Gerenciar Projetos Governamentais: atuar como Escritório de Gerenciamento de Projetos Governamental de forma alinhada com a estratégia estabelecida no âmbito do Estado;
  • Gerenciar Processos Estratégicos: atuar como Escritório de Processos Estratégicos, em alinhamento com os programas temáticos e as iniciativas de desburocratização;
  • Avaliação de Políticas Públicas: realizar a avaliação de políticas públicas com base em indicadores e impactos concretos dos programas temáticos;
  • Elaborar Contratos de Gestão para Resultados: coordenar e monitorar a contratualização de resultados nas diversas áreas de Governo;
  • Participação em Conselhos: aprimorar a representação da Secretaria nos conselhos sociais, sistematizando a comunicação, a fim de possibilitar a inserção das demandas na formulação de políticas públicas;
  • Atualizar Situação Governamental: gerar conteúdo para auxiliar os trabalhos a serem desenvolvidos na Sala de Situação do Governo.