Institucional

A Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov) é  um órgão integrante da estrutura do governo de Mato Grosso do Sul que presta assessoria direta e imediata ao governador do Estado, Reinaldo Azambuja.

Está sob a competência da Segov a coordenação, monitoramento e integração dos programas e ações do governo, tais como o suporte às relações com os demais poderes, com outros estados, com Governo Federal e outros países.

Fica a cargo da Secretaria a formulação e coordenação de diretrizes e políticas para negociações internacionais e captação de recursos financeiros destinados a programas e projetos do setor público estadual.

Concentra ainda a responsabilidade sobre ações fiscalizadoras para preservação do equilíbrio econômico e da eficiência técnica e em condições de regularidade dos serviços públicos.

Como órgão de gestão, a Segov elabora e executa programas e ações para melhoria em todos os âmbitos do governo estadual, bem como efetua monitoramento da ação governamental, de órgãos e entidades da administração pública estadual, tendo como parâmetro as metas e os programas prioritários definidos pelo programa de governo para a gestão 2015/2018.

Secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica

Eduardo Corrêa Riedel
Eduardo Corrêa Riedel

Eduardo Corrêa Riedel é graduado em Ciências Biológicas na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e tem mestrado em Zootecnia na Universidade Estadual Paulista (UNESP). Cursou MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas e participou da formação Gestão Estratégica para Dirigentes Empresariais, realizado pelo INSEAD, em Fontainebleau, França.

Desde 1994 é diretor da Sapé Agropastoril Ltda., empresa que atua na produção de carne bovina, cana-de-açúcar e grãos, em Maracaju. Implementou um modelo de gestão inovador, com enfoque na gestão de pessoas, avaliação de desempenho organizacional e participação nos resultados.

Foi presidente do Sindicato Rural de Maracaju (MS), vice-presidente e presidente interino da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul). Eleito por unanimidade, assumiu a presidência da Famasul, cargo do qual se licenciou em janeiro de 2015 quando se tornou secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica.

Neste período também foi presidente do Movimento MS Competitivo e do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS. Atuou ainda como vice-presidente diretor da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), sendo que para o triênio 2015-2018 passou a exercer o cargo de vice-presidente de Finanças da CNA.